quarta-feira, 11 de novembro de 2015

O processo criativo em dança

                     


Oi Gente

Já diz o ditado que todo trabalho depende de 1% de inspiração e 99% de transpiração. E disto, sem dúvidas, não escapa o processo criativo. Criar em arte é um trabalho como outro qualquer. Nem sempre as idéias e a maneira de concretizá-las vem facilmente, aliás, as mais primorosas obras, sempre deram muito trabalho.
O processo criativo geralmente envolve algumas etapas que são: Momento de observação, momento de inspiração, produção/lapidação e apresentação.


O que criar?
Como criar?
Por quê criar?

Estes são alguns dos questionamentos pertinentes ao artista-criador. Nem todos seguem o mesmo caminho, criar é um universo bem particular e depende muito da individualidade, experiência e talento do criador. É importante saber: O que te motiva? ou o que motiva seus bailarinos? Podem ser muitas coisas, pode ser uma coisa só. Um poema? Uma cena cotidiana? Uma música? Um objeto? Não há regras.
O gênio do Teatro, Constatin Stanislavsky diria:

(...) 'Como se pode ensinar ás pessoas pouco observadoras a perceberem o que a natureza e a vida estão tentando mostrar-lhes? Antes de mais nada é preciso ensinar-lhes a olhar, a ouvir, a escutar. Esses hábitos elevam-lhe o espírito e despertam sentimentos que deixam traços profundos na sua memória e emoções. Toque uma pequena flor, uma pétala, uma teia de aranha. Trace um gelo na vidraça. Procure expressar por palavras o que existem nestas coisas. Pense no que te dá prazer.(...)'

A organicidade da criação é também uma das chaves de seu sucesso. É preciso sentir-se bem fazendo. E isso não exclui e de modo algum a parte técnica. É possível fazer um trabalho que parte da fisicalidade, como ballet clássico e ser orgânico. Isto é, o artista ter consciência e prazer em dançar. É também possível realizar um trabalho aparentemente "livre" e que seja massante.
Por fim, vale ressaltar que antes de levar ao palco um produto final, o artista-criador, realmente sério precisa vivenciar uma etapa longa e indispensável - o processo - que inclui estudos, pesquisas, experimentações,criatividade e muitos ensaios!
Dica de Criação: Feche os olhos. Coloque um figurino. Pegue um acessório. Imagine uma música. Se solte. Seja inusitado, repense. Reinvente.


A fórmula da criatividade é pensar de maneira diferente sobre aquilo que já foi pensado.


Instagram: moda_ballet
Whatsapp: (11) 9.4555.8441
Loja física: Rua Barão Duprat, 250 – Galeria 13 – Santo Amaro – São Paulo
Fone: (11) 3530-3024


Nenhum comentário:

Postar um comentário