sexta-feira, 19 de agosto de 2016

O que fazer para combater a fadiga muscular



Oi Gente! 
No post de hoje vamos falar de fadiga muscular, e para tratar a fadiga muscular deve-se colocar compressas quentes ou tomar um banho de água quente e fazer uma massagem para relaxar os músculos, por exemplo. Além disso, é importante adotar certos cuidados, como fazer aquecimento antes de começar a aula e repousar no mínimo 1 dia entre cada aula  para o corpo e os músculos terem tempo de recuperar.
A fadiga muscular é caracterizada pelo cansaço do músculo após um esforço físico intenso, principalmente sem acompanhamento de um professor  ou quando não se repousa o suficiente depois de uma aula intensa. Além disso, a falta de carboidratos antes do treino pode causar fadiga muscular, pois o músculo não tem energia suficiente durante o esforço físico, impedindo que o indivíduo treine com eficiência.
A fadiga muscular depois do treino é normal e significa que o organismo está se adaptando aos exercícios físicos. Porém, a fadiga muscular pode conduzir a uma lesão muscular quando o esforço físico é tão intenso que provoca, por exemplo, a ruptura do músculo.

O que fazer na fadiga muscular

Após um treino, é normal sentir fadiga muscular, pois o músculo fica cansado com o esforço feito durante os exercícios. Para aliviar a dor muscular e a dificuldade em movimentar os músculos afetados e prevenir lesões musculares deve-se:

  • Utilizar uma bolsa térmica para fazer uma compressa quente: faz com que os vasos sanguíneos dilatem, aumentando o fluxo de sangue na região e relaxam os músculos, diminuindo a dor;
  • Tomar um banho quente: o calor ajuda a relaxar os músculos, aliviando a dor muscular;
  • Receber uma massagem com uma pomada ou spray, como o Gelol ou o Salonpas Gel: a massagem promove o relaxamento dos músculos e, consequentemente, o alívio da dor muscular. As pomadas são analgésicas e anti-inflamatórias, reduzindo a dor e, por terem mentol, provocam uma sensação de frescor e alívio;
  • Repousar 1 dia entre cada treino: ajuda os músculos e o organismo a se recuperar do treino;
  • Fazer sempre exercícios de aquecimento no início do treino: os exercícios de aquecimento preparam os músculos para o treino, diminuindo o risco de lesões musculares;
  • Fazer sempre alongamentos no final do treino: os alongamentos ajudam a diminuir a dor após o treino e a acelerar a recuperação dos músculos;
O que comer para combater a fadiga muscular
A alimentação é fundamental antes e após o treino porque antes do treino fornece a energia necessária aos músculos para o exercício físico e após o treino ajuda na recuperação dos músculos e no crescimento muscular.
Antes do treino
Ingerir carboidratos, como um suco de qualquer fruta ou uma vitamina com leite de soja ou arroz, 20 a 30 minutos antes do treino, para fornecer energia ao músculo.
Após o treino
Ingerir proteínas, como iogurte, pão com queijo ou uma salada de atum, por exemplo, até, no máximo, 30 minutos após o treino, para ajudar na recuperação e crescimento muscular.
É importante também beber água durante o treino para repor a quantidade de água perdida durante o treino e melhorar a contração muscular, evitando as câimbras. Saiba mais sobre a alimentação saudável para atividade física.
Fonte: http://www.tuasaude.com



Instagram: moda_ballet
Whatsapp ou Telegram: (11) 9.4555.8441
Tel.: (11) 3530.3024
Loja física: Rua Paulo Eiró, 156 – Centro de Ofertas – Santo Amaro – São Paulo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário